Quer saber como fazer uma carne suculenta?

Acredito que a resposta seja “sim”, afinal, a consistência da carne é a principal fonte de elogios por parte dos convidados. A carne macia e suculenta é sinônimo de pessoas satisfeitas com o churrasco.

Por isso, reuni dicas incríveis para você surpreender no seu churrasco – e fechar a boca daquele cunhado chato que aparece só pra encontrar defeito.

A escolha da carne

Quando escolher a carne, prefira as peças inteiras tais como alcatra. Se der preferência aos cortes gordurosos, basta manter a gordura virada para cima a fim de que penetre na carne e deixe o tecido macio durante a cocção.

Temperatura

A carne mantida em temperatura ambiente fica muito mais suculenta. Quando a carne passa pelos processos de congelamento e descongelamento, perde seus líquidos e costuma ficar ressecada.

Por isso, recomendo usar a carne que foi apenas resfriada e mantê-la em temperatura ambiente por alguns momentos antes do preparo.

O corte

Lembre-se sempre de cortar as carnes no sentido contra as fibras. Assim, o alimento fica muito mais macio. Evite furar a carne, inclusive no momento de virar. Usar um pegador ou pinça faz que a carne conserve os líquidos e, por consequência, a sua suculência.

Temperos

A carne só deve receber sal na hora de ir ao fogo para que o sal não roube a umidade do alimento. Se a carne estava em uma marinada, deixe escorrer bem. Pode até retirar o excesso do tempero com um papel absorvente.

Quem deseja garantir a carne bem molhadinha pode recorrer a temperos como suco de laranja ou cerveja. Além de garantir a suculência, esses ingredientes ainda reforçam o sabor.

A carne no fogo

Acender a brasa em um canto da churrasqueira garante o efeito forno para o seu churrasco, esquentando toda a área em que ocorre o preparo. Já ensinei sobre isso neste artigo.

Nunca coloque a carne na churrasqueira que ainda não está bem aquecida. Assim, ela demora mais para o processo de cocção.

Enquanto a carne assa, não é interessante mexer ou virar a carne constantemente. Deixe dourar entre 1 a 3 minutos de cada lado, a depender do tipo de peça e da sua grossura.

Na hora de servir

Até mesmo o momento de servir é importante para garantir uma carne macia e suculenta no seu churrasco. Há quem queira servir na pressa, ou até com receio de que a peça esfrie, e assim oferece aos convidados assim que sai do fogo.

Deixe o churrasco descansar por alguns minutos antes de servir. Assim, evita que perca os líquidos concentrados em sua estrutura e garante a suculência da carne.

Eu espero que este artigo ajude você na hora de garantir a carne macia e suculenta no seu churrasco. Para mais dicas, recomendo que você conheça meu treinamento 100% on-line Churrasco na Prática. São aulas para assistir quando quiser e quantas vezes tiver vontade ou necessidade. Um curso completo para iniciantes a experientes na arte de fazer churrasco.

Conheça agora: Churrasco na Prática

Até a próxima!

Mauro Camargo

Mauro Camargo, conhecido como Embaixador do Churrasco, é consultor internacional para implantação de churrascarias ao redor do mundo.Há 25 anos fundou a Companhia do Churrasco em Porto Alegre e há 15 anos ministra cursos, treinamentos e workshops sobre churrasco. Além disso, Mauro Camargo ministra o curso on-line Churrasco na Prática.
Fechar Menu