A picanha em cubos é um preparo pouco popular nas festas e confraternizações em geral. No entanto, é uma forma saborosa e prática de apresentar um dos cortes mais pedidos em qualquer celebração.

Já ensinei aqui no blog como você pode fazer a picanha em medalhão, aquela das fotografias de churrasco. Hoje, vou ensinar a picanha em cubos conforme aprendi com um amigo de Caxias do Sul – RS.

Leia também: Receita de sobrepaleta de suíno com parmesão

Por que apostar na picanha em cubos?

Esse amigo desenvolveu a técnica da picanha em cubos para servir de forma mais eficiente as pessoas que iam para as praias aos finais de semana, sem prejudicar o sabor.

Na situação de servir quem tinha acabado de voltar da praia, a necessidade de agilidade no serviço era maior. O corte em medalhões é lindo e fica delicioso, porém, no contexto em que ele servia não funcionava.

Por isso, ele criou essa maneira de preparo em que é possível servir o convidado com muita praticidade, sem o tempo de cortar e colocar no prato.

 Esse é o churrasco do brasileiro que está com pressa de comer!

Eu recomendo para quem quer servir de maneira rápida, sem estresse, ou mesmo quando o churrasqueiro quer preparar a picanha tomando aquela cerveja gelada. 

Como fazer?

Pegue a peça de picanha e corte em tiras. Depois, faça cubos dessas tiras, a fim de que fiquem de maneira mais uniforme possível. O tamanho dos cubos é importante, afinal, embora não exista maneira de deixá-los exatamente do mesmo tamanho, eles vão assar todos ao mesmo tempo.

Após cortar a picanha em cubos, é hora de espetar essa carne. Comece espetando os pedaços que ficaram menores. Isso porque o fundo da churrasqueira concentra mais calor. Assim, os pedaços que demoram mais tempo para assar vão receber maior onda de calor.

Também recomendo que espete os cubos com a parte da gordura para o mesmo sentido, de preferência virada para cima. Portanto, os pedaços mais finos ficarão para o final do espeto e os maiores bem na ponta.

Após espetar, passe no sal grosso e mande direto para o primeiro andar da churrasqueira. Mantenha no fogo durante 10 minutos, sempre virando para que asse de forma parelha.

Sim, é uma carne rápida! Além da passagem no fogo em um tempo breve pelo seu formato em pedaços, lembre-se que o ponto ideal da picanha é o mal passado. 

Depois de pronta, vem a parte mais interessante: servir! Basta tirar do espeto direto ao prato do seu convidado cada pedaço de picanha. Praticidade é a palavra-chave dessa receita!

Espero que você faça a picanha em cubos na sua festa e que goste do resultado. Para ver direitinho como faço, assista ao vídeo abaixo e aproveite para se inscrever em meu canal do Youtube.

Mauro Camargo

Mauro Camargo, conhecido como Embaixador do Churrasco, é consultor internacional para implantação de churrascarias ao redor do mundo.Há 25 anos fundou a Companhia do Churrasco em Porto Alegre e há 15 anos ministra cursos, treinamentos e workshops sobre churrasco. Além disso, Mauro Camargo ministra o curso on-line Churrasco na Prática.
Fechar Menu